Em nova entrevista, Wendell quer desafio que “motive” e admite volta ao Brasil: “O primeiro que eu penso é o Grêmio”

Lateral-esquerdo de 27 anos de idade concedeu uma nova entrevista à reportagem da ESPN Brasil

Entrando no seu último ano de contrato com o Bayer Leverkusen, da Alemanha, o lateral-esquerdo Wendell, de 27 anos de idade, já se mostra inclinado em retornar ao Brasil a partir de junho de 2022 e vê uma eventual volta como uma possível “motivação” para dar continuidade à carreira profissional.

À ESPN Brasil, o jogador falou do seu atual momento na Alemanha e mais uma vez colocou o Grêmio como prioridade no Brasil:

“Como eu tenho mais um ano de contrato, não sei se continuo ou saio, vamos esperar essa janela, mas chega uma hora que você sabe que precisa buscar alguma coisa que te motive mais. Então a gente está aberto a qualquer coisa, vamos esperar pela janela de transferências para ver o que vai acontecer”, disse, antes de acrescentar:

Wendell
Wendell jogou pouco tempo no Grêmio – Foto: Lucas Uebel/Grêmio

“A primeira equipe que eu daria oportunidade no Brasil seria o Grêmio pela história, pelo carinho da torcida, pela conexão que eu criei ali na cidade também com o clube. E a primeira opção sempre seria o Grêmio, mas a gente está aberto para qualquer coisa”, finalizou.

No Grêmio, Wendell conseguiu apenas ser vice-campeão gaúcho na temporada de 2014. Ele passou a ser titular com a venda de Alex Telles na época. Atualmente, Diogo Barbosa, Cortez e Guilherme Guedes disputam a titularidade na posição no tricolor.

  • Clique aqui para entrar em um grupo de WhatsApp e acompanhar as notícias do seu time.