fbpx

Após ser vice da Libertadores, Renato chora e já fala em tom de despedida do Flamengo; gremistas repercutem

Ex-treinador do Grêmio não conseguiu fazer o Flamengo se tornar campeão da Libertadores

O sonho de Renato Portaluppi em se tornar campeão comandando o Flamengo foi por água abaixo neste sábado, no Uruguai, palco da derrota de 2×1 na prorrogação para o Palmeiras, novo bicampeão da Libertadores. Segundo relato do portal Globoesporte.com, o treinador chorou no vestiário ao discursar para o elenco e adotou um tom de despedida do clube.

“Quando eu estava no Grêmio, achava que esse grupo era f…. Agora, vi que vocês são muito mais do que eu achava. Peço desculpas por qualquer coisa, aos que não dei oportunidade. Mas foi um prazer trabalhar com vocês”, declarou Renato após o jogo.

Renato, que em outras ocasiões dizia ter o “sonho” de treinar o Flamengo, acabou falhando em todas as competições que disputou pelo clube. Além da Libertadores, ele caiu na semi da Copa do Brasil para o Athletico e só tem remotas chances de alcançar o Atlético-MG no Brasileirão.

“Meu contrato termina no próximo dia 30, essa pergunta deve ser feita ao presidente, ao Marcos Braz, à diretoria. A decisão agora é da diretoria”, disse o ex-gremista sobre a sua permanência.

Torcida do Grêmio repercute situação de Renato

Nas redes sociais, torcedores do Grêmio repercutiram a situação de Renato e especularam uma possível chance de retorno caso ele de fato venha a deixar o Flamengo – veja mensagens:

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas