fbpx

Abrahão indica que possível retorno de Lucas Leiva dependerá mais dele do que da direção do Grêmio

Volante de 35 anos se encontra livre no mercado após não renovar com a Lazio, da Itália

A noite da última quinta-feira terminou com a repercussão de uma informação de que a direção do Grêmio haveria apresentado uma proposta oficial para o volante Lucas Leiva, de 35 anos, que deixou o elenco da Lazio, da Itália, após o término do Campeonato Italiano. Mas, à Rádio Gaúcha, o vice de futebol gremista Denis Abrahão negou completamente que tenha algo já concreto com o atleta.

Abrahão elogiou o volante, mas lembrou dos altos valores envolvidos e indicou que um possível retorno ao Grêmio só aconteceria caso Lucas “se enquadre no processo de pagamentos do clube”:

“Não existe proposta. Não estou conversando com o Lucas. Posso vir a conversar desde que exista uma mínima possibilidade. É um grande jogador, mas é caro. Para nossa realidade, é totalmente inviável. A não ser que ele se enquadre no processo de pagamentos do clube. A diferença da realidade dele para a nossa é muito grande. A pedida dele tem que ser algo dentro dos padrões estabelecidos pelo Grêmio”, destacou.

Fora do Brasil desde agosto de 2007, quando foi vendido ao Liverpool, da Inglaterra, Lucas tem mercado fora do Brasil e também clubes nacionais interessados, como Botafogo e Atlético-MG. Abrahão ainda falou sobre a montagem do elenco gremista até aqui:

“A crítica é inerente ao que a gente faz. De qualquer jeito vai ter crítica. Temos de ter bom senso para saber que tudo ainda é muito inicial. Tem muita água por rolar. Estamos buscando alternativas. O plantel foi formatado de acordo com o que tínhamos de condições financeiras”, completou o dirigente.

Gostou do site? Então deixe sua curtida:

Publicidade

Utilizamos cookies. Aceitar Ler políticas